OZ 051 – HQ Especial: A Iniciativa – Preacher

Ovo Zumbi 31/12/2013 4
OZ 051 – HQ Especial: A Iniciativa – Preacher

Faaaaaaaaaala galera!! E eis que mais uma vez, cá estamos na Iniciativa, junto com o pessoal do Quadrimcast! Mais um ano, mais um tema – o desse ano é nada mais, nada menos que sobre a editora Vertigo. Fora do binômio Marvel / DC, ela faz bonito com diversos títulos. E fomos escalados para ajoelhar, rezar, e falar de uma das HQs publicadas por eles mais foda bagaraio de todos os tempos … PREACHER!

Então vamos lá, nesse episódio, na seção #GibovoJuliano Lopes e Rogério Passos ao lado do convidado Oleno Ndox do Área Freak vão pegar suas cruzes e água benta e tentar entender como um pastor pode querer achar Deus e encher ele de sopapos, vão voltar a um tempo onde vampiros eram módafócas e não brilhavam … e o mais importante de tudo: isso tudo regado a sangue, putaria e palavrões. Então não tente resistir quando usarmos A Palavra e dissermos: OUVA ESSE EPISÓDIO AGORA!

Não esqueça de deixar seu comentário para nós e #AvanteZumbizaiada!

Items comentados neste episódio:

  • Preacher: A Caminho do Texas (Volume 1) – Compre
  • Preacher: Até o fim do mundo (Volume 2) – Compre
  • Preacher: Orgulho Americano (Volume 3) – Compre

Site dos Convidados:

Nossas andanças pela podosfera e outros projetos:

Entre em contato:

Não se esqueçam de deixar seus comentários, opiniões, sugestões, reclamações e qualquer outra coisa que achar importante. Nos ache por aí também via:

Some Musics by Dan-O at DanoSongs.com

  • Pingback: [ATUALIZADO 26/12] Iniciativa Vertigo | Quadrim()

  • Radoc Lobo

    Eu nunca li Preacher mas acho legal uma historia escrita pela banda UDR

  • Fernando Pereira

    Depois de ler 66 quadrinhos mais os especiais em 15 dias eu posso dizer com certeza: é uma das melhores histórias que eu já li. Como vocês mencionaram no ebisódio, realmente a história termina sem deixar nenhum ponto em aberto, e praticamente tudo o que acontece serve para completar a história, acrescentando detalhes que ajudam a construir a nossa visão sobre os personagens e, principalmente, desconstruir.
    A única coisa que ficou assim mais ou menos explicada é por que o amigo de infância do Jesse e sua irmã eram tão deformados pelo fato da família só se reproduzir entre si e o descendente de Deus, que com certeza sua família passou muito mais tempo se reproduzindo entre si, só era retardado da cabeça e sem nenhuma deficiência física.
    Uma das coisas que mais gostei foi a definição do Jesse Custer apresentada nos quadrinhos. Por mais que a missão dele seja “honrosa”, em nenhum momento ele é tratado como “O Herói”, e acaba cometendo vários erros e agindo com egoísmo várias vezes, chegando ao ponto dele mesmo perceber os erros que cometeu e até pedir desculpas, como no caso do Hoover, que ele mandou contar os grãos de areia da praia, e isso ajuda a entender a decisão dele para cumprir sua missão. Acredito que o personagem do Herr Star servia de espelho para o Jesse e o que poderia acontecer com ele caso ele desviasse de sua missão original. Ele queria o controle do Graal e comandar o mundo do jeito dele, e foi sofrendo com cada decisão errada que cometia, como por exemplo quando ele pede para Hoover chamar uma prostituta pra ele, o que é totalmente fora dos padrões de uma instituição religiosa como o Graal, e ele acaba sendo enrabado.
    O final é um pouco chocante, e demorei um pouco para descobrir se eu tinha gostado ou não, mas depois de ouvir o cast e analisar os pontos que fizeram aquilo acontecer, concluí que o final é espetacular, e fiquei com o mesmo sentimento de raiva por saber que acabou. Também não boto muita fé na série de TV, mas não acredito que será tão ruim assim.
    Enfim, valeu muito a experiência e com certeza minha estante começará a receber os volumes físicos o mais rápido possível!

  • Opaaa ovaiada

    Caraca Juliano, ja tinha desapegado dessa HQ no começo mas agora vou ter que procurar os scans =D

    muito bom!!!!

    [ ]s