Dead Rising 3 – Zumbis na nova geração

Caio Chagas 27/12/2013 0
Dead Rising 3 – Zumbis na nova geração

No dia 22 de novembro de 2013 fomos agraciados com o console da nova geração, o Xbox One.

No mesmo dia do lançamento foram lançados alguns jogos, dentre eles Dead Rising 3, totalmente dublado. Sim, algumas vezes a dublagem fica estranha, mas esta está muito bem feita e conta com a presença de Wendel Bezerra, dublador do Goku de Dragon Ball.

A história de Dead Rising 3 acontece 10 anos após a história de Dead Rising 2. Na história atual estamos com o mecânico Nick Ramos, na cidade fictícia de Los Perdidos.

Junto com outros sobreviventes, Nick precisa achar uma forma de escapar da cidade que está totalmente tomada por zumbis e gangues de arruaceiros.

Com o andar da história encontramos um avião e talvez a possibilidade de fugir da cidade. Porém, para isso, Nick precisará completar uma série de missões para adquirir peças para reparos, além de gasolina para o avião. Durante uma das missões, o pior acontece e a história começa a se mostrar mais cheia de mistérios do que realmente só a matança de zumbis.

Dead Rising 3 mantém o padrão da franquia, com hordas gigantescas de zumbis, e um ponto memorável do jogo já é logo no começo, quando Nick precisa voltar para seu esconderijo e, ao chegar em uma autoestrada, ela está completamente tomada por zumbis. Como passar? Fica a seu critério, você pode ir no braço ou aproveitando os caminhos disponíveis.

Outro ponto que foi mantido da franquia foi a criação de armas completamente malucas e incríveis, combinando 2 armas comuns. Vale lembrar que praticamente tudo no jogo é arma, desde uma CPU, passando por caixas de papelão e lança granada.

Outro ponto divertido é pegar uma moto com um rolo compressor e entrar na autoestrada tomada de zumbis, apenas para ouvir o barulho de zumbis sendo esmagado.s  A combinação de veículos também é possível e sim, é muito divertida. Diferente do Dead Rising 2, agora é possível criar armas em qualquer lugar e não somente em uma mesa.

Como de praxe há varias peças de roupas espalhadas pela cidade e em seu armário, onde você pode vestir o conjunto completo de roupas ou combiná-las … e aí tudo pode acontecer. Você pode usar uma calça legging com peito de armadura e uma cabeça gigante de lego. É feio, mas é engraçado!

Por se tratar de um jogo da nova geração temos algumas inovações, como por exemplo a integração com o novo Kinect. Um exemplo disso é você chamar a atenção de zumbis falando “por aqui!”, entre outros comandos. Uma outra característica é que quando você é agarrado por algum zumbi você pode fazer o movimento com o controle e escapar. Não é a maior inovação do mundo, mas já é um começo.

Também temos como novidade nesse jogo a integração com o novo Xbox SmartGlass que está realmente incrível, passando pelo mapa, manejo de itens, até receber as ligações do jogo no SmartGlass em vez de pela TV.

Como algumas coisas nunca mudam, temos bugs, como por exemplo objetos voadores, alguns problemas na mobilidade e aquele erro padrão de parede que some.  Estes bugs não acontecem com frequência e não atrapalham o jogo, mas … estão lá.

Se você gosta de jogos de zumbis, de mundo aberto e com muitas missões, tanto principais quando secundárias, este jogo é pra você. Lembre-se que este jogo tem um tom mais comédia do que terror e é muito divertido.

Por Caio Chagas

E se você quer o Dead Rising 3 para você compre por aqui!